imóvel para locação de curta temporada
Gestão

Imóvel para locação de curta temporada: confira 3 vantagens

Tempo de leitura: 6 min

Investir em imóveis e lucrar com aluguéis são práticas comuns. Mas há uma novidade no mercado que cresce e se populariza cada vez mais: a utilização de imóveis para locação de curta temporada.

O mercado de locações por temporada é muito rentável e representa uma boa alternativa para investidores, mesmo em períodos de crises. Trata-se de uma opção que, para os hóspedes, sai muito mais em conta do que hotéis e pousadas, o que é essencial em momentos nos quais as pessoas possam estar receosas com relação às suas finanças.

A seguir, mostraremos três pontos que comprovam as vantagens do aluguel por temporada. Se você quer ficar por dentro do assunto, siga conosco e descubra quais são os pontos positivos desse tipo de locação!

Os motivos para alugar um imóvel por curta temporada

1. Rendimento

Quando falamos em mercado e investimentos, pensamos em rentabilidade. Sim: um imóvel para locação de curta temporada é financeiramente vantajoso. Quem aluga de forma tradicional uma casa ou um apartamento, com contratos longos e mensais, terá valores fixos a serem recebidos em um acumulado de tempo.

No entanto, em épocas festivas como Carnaval e Ano-Novo, quando a procura por um imóvel pode aumentar consideravelmente, o proprietário não poderá alterar o valor da locação para aumentar seus lucros.

Isso não acontece nos aluguéis de temporada, já que o preço a ser cobrado é definido em cada locação. Como resultado, há uma rentabilidade maior de acordo com a época do ano ou o momento do mercado.

O Airbnb, um dos sites mais procurados mundialmente para o aluguel por temporada, estima que em média os brasileiros conseguem lucrar R$ 6 mil anualmente, mas há casos nos quais essa quantia é arrecadada em um único mês. A locação por temporada pode ocorrer em qualquer tipo de imóvel, inclusive nas grandes capitais — e não apenas em cidades turísticas.

2. Controle do imóvel

Em contratos longos de aluguel, muitas vezes o proprietário passa anos sem nem chegar perto do imóvel. Já na locação por curta temporada, isso não acontece. Mas por que se trata de uma vantagem?

É simples: controlar de perto o imóvel permite um melhor acompanhamento de suas condições de conservação e, consequentemente, mantê-lo da melhor maneira possível. Assim, uma menor depreciação do ambiente estará garantida.

3. Mudança nos hábitos de hospedagem

O mercado de imóveis para locação de curta temporada tem crescido principalmente devido à mudança dos hábitos de hospedagem. Uma pesquisa feita pelo site Mercado Livre mostra que os turistas estão interessados em pagar até R$ 200 por uma noite em hospedagens de temporada, sendo que os gastos previstos com acomodação não estão no topo das prioridades.

Investir em hotéis ou pousadas relativamente caras não é o objetivo do viajante. Segundo o levantamento, em janeiro de 2016, 14% dos entrevistados apontaram o aluguel de temporada como a hospedagem para as férias, enquanto no mesmo mês de 2015 o percentual era de 7%.

Já a opção de se hospedar em hotel ou pousada caiu de 57% em 2014 para 43% em 2016. Outro ponto destacado pelos turistas é a busca por conforto. É possível pagar valores mais em conta e dispor de maior espaço, comodidade e segurança ficando em um imóvel para locação de curta temporada.

4. Aproveitamento das datas sazonais

Uma das vantagens extras do aluguel por temporada é a possibilidade de aproveitar as datas sazonais para lucrar um pouco mais. Em um país tropical como o Brasil, onde as pessoas adoram o verão e sempre se programam para viajar nas férias ou nos feriados, essa estratégia pode ser ainda mais recompensadora para os locadores.

É possível, por exemplo, ampliar consideravelmente o número de reservas durante o período de recesso escolar ou em épocas como o carnaval, a Semana Santa e o Ano-Novo. Aproveite para investir na divulgação — caso sua propriedade não esteja em uma cidade turística, capriche nas promoções e nos pacotes.

5. Possibilidade de utilizar o imóvel

Trata-se de uma questão que muitos proprietários não consideram antes de locar seus imóveis via aluguel tradicional, mas esse tipo de relação de arrendamento cede a casa ou o apartamento completamente para o arrendatário. Portanto, o dono fica impedido de utilizar o imóvel em qualquer data durante a vigência do acordo.

Isso é bastante incômodo no caso de propriedades localizadas na praia ou em cidades turísticas, que poderiam ser aproveitadas por sua família em ocasiões especiais, por exemplo. No aluguel por temporada, a coisa muda de figura e é possível desfrutar do seu patrimônio sempre que quiser, bastando não locá-lo nessa data.

6. Mais lucratividade do que a locação fixa

Outra das vantagens extras do aluguel por temporada é que, com essa modalidade, você pode lucrar muito mais do que na locação da unidade para um morador fixo, com um contrato tradicional de dois ou três anos. Isso acontece porque o resultado é incrivelmente superior quando somamos os valores das diárias.

Como dissemos anteriormente, períodos como as férias escolares, o Carnaval e a Semana Santa, ente outros, têm uma procura muito maior e em geral proporcionam quantias superiores à de um mês inteiro do aluguel tradicional. Basta divulgar adequadamente e o retorno será praticamente garantido!

7. Facilidade em resolver problemas

Por mais que a locação tradicional seja mediada por um contrato com muitos detalhes sobre a relação, as obrigações e os direitos dos locadores e locatários, não é raro vermos brigas, discordâncias e até mesmo pendências que acabam sendo resolvidas na Justiça. Felizmente, quando o contrato é de temporada, tudo fica mais simples.

Nesse caso, se o hóspede descumprir o combinado e levar animais de estimação ou crianças para locais não permitidos, violando as regras do condomínio, estará fora dali em alguns dias. Assim, você minimiza as chances de uma dor de cabeça mais duradoura, podendo cobrar multas com a pessoa longe do seu patrimônio.

A importância de manter o imóvel bem cuidado e conservado

A locação de curta temporada segue a tendência do mercado de turismo. Como vimos, isso significa que haverá períodos de maior procura, portanto o proprietário de tal tipo de espaço precisa estar atento para cuidar do imóvel e mantê-lo conservado.

Com a concorrência, ter um ambiente adequado e capaz de atender às expectativas dos clientes garantirá que esteja entre os mais procurados, o que claramente representará maior rentabilidade. Outro ponto importante é que o imóvel precisa contar com estrutura própria para receber os hóspedes, como mobiliário e itens do dia a dia. Esteja preparado para isso.

A rentabilidade do segmento vem abrindo muitas possibilidades de empregos e criando um cenário favorável de negócios no Brasil, por isso tem atraído diversos novos investidores. Ficar atento ao setor pode garantir uma ótima fonte de renda a quem está entrando nesse mercado e também àqueles que já possuem seus imóveis.

Agora que você já conheceu algumas das maiores vantagens do aluguel por temporada, não se esqueça da importância de ter uma empresa especializada para auxiliá-lo na locação, com profissionais diferenciados e expertise no segmento. Ficou interessado? Então, não perca mais tempo e entre em contato conosco!

Conviva

Dicas de gestão, design e inovação para locação de imóveis por curta temporada. Entenda porque a gestão profissional é fundamental para elevar sua rentabilidade.