como calcular aluguel por temporada
Inovação

Aprenda como calcular corretamente o valor para a locação por temporada do seu imóvel

Tempo de leitura: 3 min

O aluguel fixo é muito comum no Brasil, mas alugar um imóvel por temporada vem ganhando bastante espaço, principalmente pela qualidade e localização dos imóveis. Com esse aumento da procura, surgem também diversas dúvidas sobre como calcular aluguel por temporada sem comprometer a margem de lucro.

Como o período acordado é mais curto nesse tipo de contrato, variando de alguns dias até cerca de 3 meses, é mais comum que o proprietário do imóvel cobre por diárias.

Então, para que o negócio seja rentável, é importante levar em conta certas variáveis, como taxas de condomínio, impostos e demais despesas mensais — e é disso que trataremos neste post.

Continue a leitura e veja tudo o que precisa ser colocado na ponta do lápis na hora de definir um preço justo!

Descubra como calcular aluguel por temporada

Mesmo tendo uma duração menor, o aluguel por temporada deve ser calculado como se fosse um aluguel fixo, levando-se em conta todos os gastos que o imóvel apresenta. Afinal, é importante que o proprietário consiga pagar suas despesas e ainda tenha um retorno financeiro. Para isso, separamos a seguir algumas dicas práticas.

Calcule todos os custos

O primeiro passo para calcular um aluguel por temporada é somar todos os custos que o imóvel possui ao longo do ano. Nessa conta devem entrar:

  • cobranças fixas — como impostos, contas de água e luz etc.;
  • gastos sazonais — como a contratação de limpeza para as épocas de maior movimento, por exemplo.

Os resultados encontrados vão ajudar você a identificar o quanto você investe no imóvel anualmente.

Verifique a taxa de ocupação do imóvel

Também é fundamental conhecer qual é a taxa de ocupação do imóvel. Se, por exemplo, você tem uma casa em uma praia que recebe muitos turistas ao longo de todo o ano, é possível que você consiga alugá-la na maioria dos finais de semana e feriados.

Sendo assim, estipule uma média de ocupação, com dias em proporção ao ano.

Compense o valor da diária

Depois de conhecer essa taxa de ocupação, você pode estabelecer como o valor das diárias serão cobrados ao longo do ano. Por exemplo: o preço cobrado pode ser maior nos períodos de alta temporada, como férias escolares.

Ou, continuando com o exemplo anterior da casa na praia, você pode aumentar o valor durante o verão, para que isso compense os finais de semana mais frios e de menor movimento.

Leve em conta localização e acomodações

Você ainda deve levar em conta as condições do seu imóvel. A casa fica bem próxima à praia? Então, você pode cobrar diárias mais altas. Além disso, o espaço acomoda quantas pessoas com conforto? É um sítio com diversas opções de lazer, como piscina, campo de futebol e churrasqueira? O imóvel é seguro? Tudo isso deve ser colocado na equação — e o aluguel, é claro, varia de acordo com cada um desses itens.

Por fim, depois de analisar todos os pontos que foram citados aqui, você saberá como calcular aluguel por temporada a fim de obter retorno financeiro. Vale a pena, também, fazer uma pesquisa nos imóveis próximos ao seu, para ter uma ideia de quanto, em média, estão custando as diárias na mesma região.

Se você está começando agora a locação por temporada, pode até apostar em um preço mais competitivo! Lembre-se apenas de que tanto o aluguel por diária muito caro quanto o muito barato podem gerar desconfiança em quem está procurando um local para descansar, ok?

Já conseguiu estipular um aluguel por temporada para o seu imóvel? Deixe o seu comentário contando como andam as suas negociações!

Conviva

Dicas de gestão, design e inovação para locação de imóveis por curta temporada. Entenda porque a gestão profissional é fundamental para elevar sua rentabilidade.